7th of March

Em defesa do pseudofilósofo Olavo de Carvalho


Sou contra denunciar Olavo de Carvalho para deletar o perfil dele. Será que não perceberam que a carreira inteira dele é baseada em se fazer de vítima? Num evento de astrologia, antes de sair do Brasil, ele anunciou que estava sendo perseguido pela esquerda. Evidências disso, zero. Então não dêem na internet as evidências que ele não tinha na época.
Deixem o guru dos conservadores em paz. É falando mesmo que ele se enterra – julga-se detentor de refutações contra a mecânica de Newton, a evolução de Darwin, a relatividade de Einstein. É um megalomaníaco, pseudofilósofo, desconhecido na comunidade filosófica internacional, buscas pelo nome dele em indexadores de artigos de filosofia dão zero resultados, tem uma epistemologia tão porca que aceita astrologia como verdadeira, e os melhores defensores que ele tem são sujeitos que oferecem 50 mil reais para seus opositores “refutarem ao menos uma página de seu livro” (sic), e que não conseguem dar uma só tese filosófica original avançada pelo suposto filósofo.
O mais divertido é ele se fazer de pessoa espiritual, conectada com a bondade divina, quando parece mais uma fusão entre a boca suja do Ary Toledo, os valores do Bolsonaro, a conexão com a realidade da Fábia da Física do Petrefiolismo e a arrogância insensata daquele gaviãozinho dos Looney Tunes.
Olavo é o que os americanos chamam de “crank”. O artigo sobre o que é um “crank” na Wikipédia parece uma biografia dele. http://en.wikipedia.org/wiki/Crank_(person)
Literalmente, “crank” é manivela. Deixem a manivela girar o realejo das bobagens infinitas. Até a musiquinha do realejo de um fóssil ideológico político da Guerra Fria, pseudofilósofo cheio de teorias da conspiração, merece espaço. Afinal, precisamos saber que pessoas assim existem e atraem seguidores – digamos que ajuda a refletir sobre o estado da educação no Brasil.
Este post foi patrocinado por FETSI®, o refrigerante adoçado com fetos.

Bônus: Escola Olavo de Carvalho de Argumentação Coprolálica

Estão abertas as inscrições para a Escola Olavo de Carvalho de Argumentação Coprolálica. Garantimos aos alunos que aprenderão os melhores xingos da língua portuguesa para vencer debates.
Ementa:
1. Introdução ao “p* que pariu”.
2. 50 tons de vai tomar no *.
3. Fetos abortados, açúcar mascavo e zero-cal: três sabores de marxismo cultural.
4. Darwin é o * da tua mãe.
5. Newton é o * do teu pai.
6. Einstein é a b***** relativa da tua avó.
Garantimos, como mostra a imagem, carreira de sucesso na área da filosofia, como o famoso Doutor Olavo.
(Título de Doutor Honoris Causa em Filosofia concedido pelo deputado federal Marco Feliciano.)