12th of June

Joga pedra no Eli


Respondendo a tuítes de algumas pessoas que se importam o suficiente comigo para me odiarem no Twitter. Todas as publicações são da noite de 11 de junho quando transmiti Twitcam pela segunda vez no @BuleVoador.

Senhor Saulo vira membro de associações sem ler os estatutos delas. Aqui, Saulo, para sanar suas “dúvidas”:

ARTIGO 24º Compete ao Presidente: a) A representação institucional e diplomática da LiHS junto à sociedade civil

Humanismo, uma religião? Que acusação barata e fácil. Como eu disse na transmissão, a aderência a três princípios configura um humanista secular: direitos humanos para ética, ciência e debate para epistemologia e democracia para política. Se isso é religião, então qualquer coisa é. Se isso é dogma, qualquer coisa é.

Oba, vamos lá causar a discórdia! Joga pedra no Eli! Ele é bom de apanhar, ele é bom de cuspir, maldito Eli.

Uau Mário. Humanismo secular religião, e agora fundamentalismo humanista secular. Estou morrendo de medo dos fundamentalistas humanistas se armando com a declaração dos direitos humanos pra cima da gente! Está aprendendo a argumentar com aqueles cristãos que dizem que o Dawkins é fundamentalista ateu?

Me chamou pra causa nobre? Qual? O Projeto Livres Pensadores? Não me lembro de ter sido chamado. Nenhum dos seus emails fala isso, e eu olhei todos. Mas é claro que devo estar mentindo, afinal eu sou o malvado Eli. Sobre o Bule, também não me lembro, mas não sou eu o responsável, eu  não mando no Bule Voador, só sou presidente da associação dona do Bule Voador.

Ouviu, Jô?! Nada de me chamar. Eu sou perigoso. Posso ter um texto meu de 2007 como primeiro resultado do Google para “ateísmo dogmático”, texto que critica dogmatismo, mas eu sou dogmático mesmo assim, porque o Mário falou e o Saulo assinou em baixo. Alguém me algeme! Me mantenham bem longe do Jô Soares! E longe dos ateus também, é claro, porque eu os persigo.

Cuidado comigo. 35 diretores da Liga Humanista estão sendo “traídos” diariamente por mim, sou traiçoeiro. E minha desonestidade intelectual está bem clara em todos os meus textos. É por isso que eu jamais uso referência acadêmica em nada.

 Muitas vítimas do malvado Eli. Devo ter feito alguma coisa bem ao estilo Eric Cartman com todas essas vítimas.

Claro, importante lembrar que o malvadão é presidente da LiHS. Mantenham isso em mente.

Taí uma prova da minha maldade! Chamei minha tia homofóbica e capitalista de homofóbica capitalista. Mereço a forca?

Já isso é uma mentira, e eu tenho testemunhas. Nadja faz psicologia. No chat da LiHS eu citei o livro “Imposturas Intelectuais” de Sokal e Bricmont, um clássico do ceticismo acadêmico. No livro há um capítulo mostrando que o psicanalista Jacques Lacan se comportou como um pseudocientista em várias instâncias, por exemplo dizendo que o “órgão erétil” masculino é igual à raiz de menos um. Eu disse à Naja Nadja no Facebook que atacar as teorias de Lacan não é atacar a pessoa dela (óbvio) e nem atacar a psicologia, porque psicanálise não é só Lacan e psicologia não é só psicanálise (há muitas outras vertentes como a psicologia cognitiva, a transacional, o behaviorismo…). Eis a resposta da Nadja a essas obviedades lógicas e factuais: 
Ao chamar Lacan (cujas teorias são objeto de meus estudos) de pseudo-intelectual, você, automaticamente ESTÁ me chamando de pseudo-intelectual SIM.

Aham, Nadja, senta lá.

É, eu viro bicho. Começo até a postar no meu blog, veja só, quão animalesco da minha parte.
Valores dogmáticos, que perigo! Ciência, direitos humanos e democracia, dogmas perigosíssimos, mantenham distância! Ah, e sim, inventei isso, afinal sou a única pessoa postando no Bule Voador.

Nadja está se referindo à coluna Advocati Fidei, do Bule Voador, que publica quinzenalmente artigos de dois cristãos nada ortodoxos, Alex Altorfer e André Tadeu. Que inadmissível um blog ateu receber cristãos! Lugar de ateu é com ateu! E o Eli é que é dogmático e fundamentalista!

Está fazendo tanta falta, Nadja, nem imagina o quanto. Oba, o Bule Voador ganhou apelido para a gente usar toda vez que não gostar dele!

 

Entenderam? Nenhum humanista pode reclamar quando alguém defende a morte. Nem se este alguém for tão coerente que é contra a pena de morte, só que tipo, assim, pode ter pena de morte às vezes, quando ele quiser, porque aí podemos decidir quem vai morrer, mas nada de pena de morte hein! Eu sou malvadão mesmo, que perigo.

E o melhor da noite vem da lacaniana roxa:

Não me faço de rogado: Allahu Akbar, kumbaya my Lord, Parangaricotirimirruaro.

Vai ser presidente do seu clube ou síndico do seu prédio? Prepare-se pra isso aí. Chorumelas pra dar e vender.

  • É a inveja humana, Eli, esse monstrinho que muitos criam para disfarçar incompetência, inseguranças, neuras e por aí vai…
    Estamos contigo!

  • Nunca vi tanta dor-de-cotovelo junta! Eli, você deve ser como aquela ilustração da árvore cheia de fruto: "Ninguém joga pedra em árvore estéril."

    Que pena que essas pessoas que se dizem (sinceramente ou falsamente) atéias não vejam que o humanismo é uma construção cultural que dá suporte a toda a herança biológica do homem. É o hominídio se tornando humano.

    Agora, pergunta para eles como eles se sentem quando o menor dos direitos deles é violado? Se eles puderem dizer, sem qualquer fingimento, que não faz a mínima diferença, poderão ser considerados coerentes com o que disseram aos baldes naquele post. Agora, se eles disserem que buscam justiça e fazem valer seus direitos, já estão conferindo lauréis a todos os grandes humanistas que o mundo já conheceu, uma vez que reconhecem na prática o que negam na teoria. 😉

    Nunca desanime, Eli. Tua luta é linda e útil para o engrandecimento dessa coisa inventada pelo próprio homem, mas que os rasos de reflexão ou apressados tomam por dada: a HUMANIDADE – e que não funciona bem se não for por outra admirável invenção humana: o HUMANISMO.

    Abraço grande, amigo!

    Sergio Viula
    ATEU
    http://www.foradoarmario.net

  • Eli, nos contatos que tive que você, aprendi muito, sem dúvida. Mas acho que você também poderia ter aprendido um pouco.

    E eu também acho *parte* da postura da LiHS ridícula, eu tenho cá comigo que o maior responsável por essa parte é justamente você. E essa parte é justamente a fundamentalista, e chega a dar vergonha, às vezes.

    Me lembro de uma vez que você disse que a Internet era um ambiente democrático e eu demonstrei que isso é falácia. Ao invés de argumentar, você me mandou aprender a escrever um artigo (postura babaca).

    Mas reiterando: eu já aprendi muito contigo, e espero que não leia esse comment como algo pessoal, é só uma franqueza do POUCO do que conheço de você 🙂 Posso assegurar que mesmo com essa crítica continuo lendo o que você escreve e gosto de 80% ou mais.

  • Sentiu agora um pouquinho de seu próprio veneno, Eli? Aprendeu alguma coisa com isso? 🙂

    Espero que, depois desta, você não volte a entrar em twitcans dos outros com a única motivação de tumultuar e trollar. Porque, se fizer, voltarei a trollar outras twitcans suas. Você quem sabe. 🙂

    Agora, óbvio, se for para participar de boa, será muito bem vindo até mesmo na twitcam que eu vier a fazer (pretendo fazer uma também – só não sei quando, mas postarei aviso prévio avisando).

    E eu te chamei pro Projeto Livres Pensadores pelo Twitter, não por e-mail. Não se faça de bobo (que você não o é).

    Ah sim. Antes que você diga que vingança não é algo que se faça, vou te dizer uma coisa (e com muito orgulho): não sou humanista. 😉

  • Eis um exemplo de anti-dogmatismo dogmático. Lembro ontem na tweetcam que eu até vi uns comentários interessantes, mas alguns pareciam querer apenas Flame War.

    Acho as vezes até errado chamar o Bule Voador de um blog ateísta, pois considerando um conteúdo predominantemente humanista, o ateísmo seria apenas consequência não obrigatória, considerando os religiosos humanistas. Até pensei, imagina se o Félix, que é budista e religioso, lesse isso.

    Agora, fazerem grupinho de mimimi pra ficar falando mal pelas costas, e ainda ficarem reclamando que o troço parece que está tão editado quando notícia da TV Globo( http://twitter.com/#!/thebelljar_/status/79964739765153792 ) mostra uma certa falta de visão holística do fato de que é exatamente isso que aparenta para a visão externa, fora da panelinha dos envolvidos.

    Conversando com um outro pessoal sobre o assunto, pessoas que inclusive seguem 1 ou os 3 tweeters mencionados acima, um conta que já tentou expressar suas ideías, e foi imediatamente refutado e taxado de esquerdista pelos membros da panelinha.

    Confundir ideologia com religião, conceitos morais com dogmas, estou realmente decepcionado com esses membros do Livres Pensadores, tão decepcionado que gostaria de fazer esse comentário como anônimo, pois temo que eles tenham a intenção de me localizar para começarem a me denegrir, já que, pelo visto, eu sou contra as idéias da panelinha deles.

  • Haha!! Estou impressionado com a confusão e as contradições dessa galera, Eli. Até a patroa que tá por fora não aguentou tanta besteira e se solidarizou com vc.

    É impressionante como vários dos ataques parecem simples projeções psicológicas das próprias posturas dogmáticas e mal argumentadas dos seus críticos. Entre eles têm até gente que acha que pode ter os próprios "fatos históricos" e que ser fundamentalista é dar a voz ao outro lado.

    Parabéns Eli pela paciência e meus pêsames por uns inimigos tão confusos assim. Vc merecia coisa melhor e mais desafiadora. 🙂

    Se eu ler a palavra fundamentalista em relação a vc ou ao Bule vou começar a rir, pois é patético que alguém ache que assertividade, sarcasmo e postura crítica seja equivalente ao que cristãos, judeus e islamitas fundamentalistas pensam e fazem. Você no máximo se arrisca a ferir o ego de alguém, esses outros indivíduos desses grupos são responsáveis por sofrimento físico, morte e censura intelectual e incitação do ódio de forma extrema.
    Fazer o que? Não esmoreça!

    Grande Abraço,

  • Caro, Megas Bahamut Alchemist, eu como outros membros do Projeto Livres Pensadores, também participo da LiHS e sou leitor assiduo do Bule Voador. Acho que é um erro você julgar todos os participantes do projeto pelas atitudes de outros membros, nenhuma das pessoas citadas pelo Eli falam em meu nome.

    Recentemente o Eli citou o Projeto LP num tweet numa discussão que ele estava tendo com outra pessoa, acho que ele errou em citar o Projeto que não tem nada a ver com a briga dele, assim como eu acho errado agora assumir que todos que fazem parte do LP pensem como o Mário, o que não é verdade, não tenho nada contra o Eli, até por que nunca conversei com ele.

    Outra coisa, te garanto que EU, nunca te perseguirei por nenhum motivo, muito menos te difamarei.

    Acho que isso é tudo.

    Fortes abraços

  • Olha, eu sou membro do Livres Pensadores e discordo dessa palhaçada toda. Tanto é que sou membro da LiHS ao mesmo tempo e não pretendo sair de nenhum dos dois, muito por causa disso. Conheço o Mário há pouco tempo, nunca tive a oportunidade de conversar com o Eli, e só comecei a acompanhar essa briga ontem, então não posso formar opinião sobre isso, e com certeza os atacados em questão têm raiva demais para falar disso de forma justa.
    Só uma consideração sobre o Livre Pensamento da forma como é conduzido lá dentro: na minha opinião, eles estão obcecados com a liberdade de pensamento. É até algo meio paradoxal, parece que eles são "escravos da liberdade", ficam fugindo de ideologias o tempo todo. Não faz sentido pra mim. Você vira "o outro lado da moeda".

  • Obrigado a quem deixou palavras de apoio. Tenho o seguinte a acrescentar:

    – Não acho sério convidar as pessoas pelo Twitter. Não me surpreende que eu não tenha lido.

    – Não ataquei ninguém em Twitcam nenhum. O Mário ERROU falando que deísmo era uma forma de ateísmo, e quando eu o corrigi, ele morreu de raiva. FOI ISSO E NADA MAIS. Assim como ele morreu de raiva quando o Rodrigo Véras do Evolucionismo.org o corrigiu sobre a crença cega dele nas tais bactérias arsênicas do lago Mono. Mário não suporta ser refutado nem contrariado.

    Sem mais.

  • "Não acho sério convidar as pessoas pelo Twitter."

    Convidei várias pessoas pra ser editor(a) do Livres Pensadores, assim como pra entrar com seus blogs no Projeto Livres Pensadores. Não vejo nada de mal nisso. 🙂

    Quanto às bactérias do lago mono (bactérias de arsênio), não critiquei o Véras, nem fui "corrigido" por ele (e nem teria problema caso isto acontecesse). Critiquei a SUA posição de apelo à autoridade. "Só porque ele falou, é realmente falso".

    Não era deísmo e ateísmo, era deísmo e panteísmo. E a diferença entre eles é mínima.

    Finalmente… Delete meus comentários mesmo, ditador. 🙂

  • Ora vejam só a polidez do sr. Mário.

    Só tenho isso a dizer:

    – A diferença entre deísmo e panteísmo é UM DEUS INTEIRO.

    Pra você ver o seu nível de preparo filosófico, senhor "livre-pensador".

    Já expliquei ontem por que especialistas devem ser ouvidos quando falam de seus campos de atuação, especialmente se atuam em campos que não é o seu. Chamar isso de apelo à autoridade é só mais um ataque barato e desinformado que você faz.

    A propósito, para um suposto fã de Voltaire como você, fica mal você sair citando aquela frase "… defenderei até a morte seu direito de dizê-lo", que não é dele e ele JAMAIS escreveu.

    E continue escrevendo aqui, quanto mais escreve mais podemos notar o quanto é informado e bom em argumentação.

  • Desculpe-me pela generalização, diariodeumfisico. Não conheço o pessoal do Livres Pensadores, porém, com a menção durante o chat/tweet feita pelo Mário convidando-o para uma causa nobre (Deu-se a entender, pela forma escrita, que juntando-se seria a única forma do Eli passar a ter opinião considerada pelo incitador, já que de resto, fica essa guerrinha.).

    No twitter continuam as ofensas, chega a ser ridículo tais comentários, mas já passei por um grupo de panelinha, e sei como é que funciona. O grupo fica se auto-afirmando, consequentemente, eles passam a acreditar que estão absolutamente corretos, e tem todo o direito de atacar os outros.

    Usando comparações de ideologia com religião, de opiniões concretas sobre um assunto com dogmas, começo a ficar preocupado com o pessoal da LP…

    Boa sorte cara.

  • Megas Bahamut Alchemist, repito, as opiniões expressas pelo Mário e outras pessoas citadas aqui que eventualmente façam parte do LP são as opiniões deles, nem todos do grupo pensam da mesma maneira.

  • putz… a Nadja tá nessa ainda?

    dá pena dessa moça, só isso mesmo, pena…

  • Eli te conheço a pouco tempo e vc e um cara jovem inteligente isso tem que acontecer para mostrar como e difícil lidar com ser humano desmasiado humano e com isso vc só tem que aprender se algumas pessoas não sabem debater com vc e passa para o pessoal e por que não tem nada para mostrar.Quando não se sabe de alguma coisa faça pergunta?Eli sucesso em sua vida vc e um cara com pensamentos radiotivo esta e a minha pedra rsrsrsrs att Edson da S Santos

  • Amigos(as), boa tarde.

    Não gostaria de tomar partido nesta briga. Tenho twitter, mas tenho poucos seguidores, sendo um deles, o Eli Vieira. Portanto, só tomei conhecimento destas fofocas através deste post publicado pelo Eli.

    Mesmo tendo um contato reduzido com o Eli, se comparado com outros " cabeças " da Lihs, aprendi a admirá-lo.

    Isto não quer dizer que concordo com todas suas idéias. Sou cristão praticante. Eli é ateu ! Considero Dawkins um " fundamentalista ateu". Eli não pensa desta forma. No entanto, divergências não se convertem, obrigatoriamente, em ausência de respeito e admiração.

    Dito isso, gostaria de comentar a respeito de apenas uma acusação .Afirmar que o Eli seja um fundamentalista é uma tremenda falácia ! Pelo que sei, a idéia de abrir espaço para teístas não fundamentalistas partiu do atual presidente da Lihs.

    Quando da primeira coluna do " Advocati", lembro-me da chuva de protestos contra a minha participação e a do Alex, no Bule !

    Eli Vieira foi um dos primeiros a botar a cara, defendendo nossa presença ! Sei de outros integrantes da Lihs que, mesmo sendo favoráveis a presença de cristãos no Bule, se calaram, visando agradar a turminha de ateístas radicais.

    Por fim, Eli, conte com minha solidariedade.

    André Tadeu de Oliveira, cristão, protestante, neo-ortodoxo, libertacionista e integrante do BULE VOADOR com muito orgulho!

  • Eli, eu já tinha percebido isso, desdo primeiro segundo em que o Mário começou a me seguir no twitter repentinamente:

    "Mário não suporta ser refutado nem contrariado."

    Debatemos sobre vida extraterrestre e ele ironizava não aceitando meus argumentos, até aí tudo bem, mas todo comentário seguinte sobre o que fosse ele refutava desvirtuando pra não concordar com o q foi dito e pra não parecer "chato"; eu desistia de tentar (re)explicar e ainda falei: vou parar pois acho q não estou fazendo vc entender e gosto de vc, nunca tive nada contra….

    Mássss, quando ironizei numa trollada um vídeo dos Livres pensadores, ele já mostrou ira me xingando, mesmo eu falando q ironizei, fui propositalmente ignorante etc. enfim dias depois levei block da lisiane e vejam só, ele tinha deixado de me seguir, e ele fez questão de esperar eu mencionar q tinha tomado block dela pra ele dar block também mandando uma mention "BLOCK!" (infantilidade?)

    No fim tudo se encaixa. Nvm… Continuo sem nada contra a Lisiane, aliás muito paciente, sempre a contrariei; algumas vezes com pensamentos próprios, outras por simples contradições de retórica…

    Não acredito em ser humano completamente ruim, bem vs mal, então quando alguém me blockeia sem conversar nada assim, é algo muito estranho. Quer se sentir superior… Quer ser mais que o outro. Sinto pena.

    abraçow
    @RicHarOak (Neo-ateísta)