30th of March

Eli, sempre achei que a hipnose fosse algo aceito no meio científico, mas vendo Penn & Teller, me pareceu que não. Qual sua opinião sobre isso?


Se hipnose for eficaz, deve ao menos diminuir dor, certo? Então vamos ao resumo de uma revisão científica: http://pra.la/04Jk

“Hipnose para alívio da dor no trabalho de parto: uma revisão sistemática.” BRITISH JOURNAL OF ANAESTHESIA Volume: 93 Issue: 4 Pages: 505-511 Published: OCT 2004
A. M. Cyna[1], G. L. McAuliffe[2] e M. I. Andrew[1]

1Department of Women’s Anaesthesia, Women’s and Children’s Hospital, Adelaide, South Australia 5006, Australia. 2Department of Anaesthesia, Lyell McEwin Hospital, Adelaide, South Australia, Australia

“Background. Tendo em vista as comuns alegações de eficácia, examinamos as evidências sobre os efeitos da hipnose para alívio da dor durante o trabalho de parto.

Métodos: Procurou-se nos bancos de dados Medline, Embase, Pubmed e Cochrane por testes clínicos nos quais a hipnose durante a gravidez e o parto foi comparada com a intervenção não-hipnótica, com nenhum tratamento ou com placebo. Listas de referência dos artigos e textos de hipnoterapia também foram examinados. Não houve restrições de língua. Nossas medidas de efeito foram primariamente requisitos de analgesia no parto (sem analgesia, opiáceos ou uso de epidural), e escores de dor durante o parto. Estudos comparativos adequados foram incluídos em avaliação adicional de acordo com critérios pré-definidos. Foram feitas meta-análises sobre os testes randomizados com duplo-cego (TRC’s), avaliados como ‘bons’ ou ‘adequados’ de acordo com um escore pré-definido.

Resultados. Cinco TRC’s e 14 comparações não-randomizadas (CNR’s) estudando 8395 mulheres foram identificadas nas quais a hipnose foi usada como analgésico durante o trabalho de parto. Quatro TRC’s incluindo 224 pacientes examinaram os efeitos primários de interesse. Um TRC foi avaliado como de baixa qualidade. Meta-análises dos três TRC’s que restaram mostraram que, comparadas com grupos-controle, menos parturientes requisitaram analgesia, com risco relativo = 0,51 (IC 95% 0,28; 0,95). Dos dois CNR’s incluídos, um mostrou que mulheres usando hipnose classificaram sua dor do parto como menos severa em relação aos controles (P < 0,01). O outro mostrou que a hipnose reduzia (P < 0,001) requisições de opióide (meperidina), e aumentava a incidência de nenhum pedido de analgésicos farmacológicos no trabalho de parto (P < 0,001).

Conclusão. O perfil de risco/benefício da hipnose demonstra uma necessidade de testes bem desenhados para confirmar os efeitos da hipnose no trabalho de parto.” (Tradução minha.)

Vamos a outro resumo de outra revisão: http://pra.la/04Jl

“Hipnoterapia para parar de fumar.”
Cochrane Database Syst Rev. 2000;(2):CD001008.

Abbot NC, Stead LF, White AR, Barnes J, Ernst E.

Dept of Epidemiology and Public Health, University of Leicester, 216 Goscote House, Sparkenhoe St, Leicester, UK, LE2 0TL.

“Background: A hipnoterapia é promovida largamente como um método que auxiliaria a interrupção do fumo. Propõe-se que ela age nos impulsos subjacentes para enfraquecer o desejo de fumar ou fortalecer a vontade de parar.

[Vamos pular para os resultados logo.]

Resultados principais: Nove estudos compararam a hipnoterapia com 14 intervenções-controle diferentes. Houve uma heterogeneidade significativa entre os resultados de estudos individuais, com resultados conflitantes para a eficácia da hipnoterapia comparada a nenhum tratamento ou ao aconselhamento. Nós portanto não tentamos calcular razões de chances agrupadas para o efeito geral da hipnoterapia. Não houve evidência de efeito da hipnoterapia comparada a “rapid smoking” ou tratamento psicológico.

Conclusões dos revisores: Não mostramos que a hipnoterapia tem um efeito maior em tempos de seis meses em relação a outras intervenções ou nenhum tratamento. Os efeitos da hipnoterapia no abandono do fumo alegados por estudos sem controle não foram confirmados pela análise de testes randomizados.”

Minhas conclusões: se a revisão com dor do parto mostra alguma coisa positiva mas pede mais estudos, e a revisão com abandono do fumo não achou efeito da hipnoterapia, você deve simplesmente DUVIDAR. 🙂